Por Um Fio

by - julho 06, 2017






Hoje venho falar do segundo livro da autora Rainbow Rowell que eu li, Por Um Fio, mais um fantastico livro da nossa parceira saída de emergencia.

Este livro fala-nos das dificuldades de um casamento, dos obstáculos que aparecem ao longo do tempo em qualquer relação, e algo importante é retratar algo cada vez mais comum, a inversão de papeis na vida familiar, pois nesta historia temos um marido que esta em casa com as filhas, enquanto a mulher tenta construir uma carreira de sucesso no mundo da tv.
Este casal ainda se ama, mas a sua relação esta muito de longe de estar bem.
Tudo piora quando dois dias antes da viagem que iriam fazer para passar o natal em casa de Neal, Georgie avisa que não poderá viajar, pois ira finalmente ter a oportunidade de produzir a serie que ha tantos anos começou a escrever. O que Georgie não esperava era que o marido levasse as filhas com ele para passar o natal, e a deixasse sozinha.
A decisão que tomou vai atormenta-la, pois percebe que pode ter deitado tudo a perder, se a relação antes ja não estava bem, agora corria o risco de chegar ao fim. O que poderia ela fazer para mudar esta situação?
Georgie acaba por passar estes dias na sua casa de infância, onde mora a mãe, a irmã e o seu padrasto, e ao chegar ao seu quarto decide utilizar o seu antigo telefone, que tinha utilizado tantas vezes para falar com Neal quando eram jovens. Mas Georgie não estava preparada para o que aconteceria ao utilizar esse telefone, nada fazia prever que ao ligar a partir daquele telefone iria voltar as ferias de natal de 1998, quando ela e Neal tinham estado chateados.


Ao longo do livro vamos dando saltos no tempo, entre o passado e o presente, percebendo como a relação deste casal começou, dos obstáculos que atravessou, do que viveram em conjunto... quando percebe que esta a falar para o passado, Georgie perguntasse se será aquela a oportunidade de refazer a sua historia, de resolver a sua situação familiar, de reconstruir a sua relação, pois 1998, o ano em que estiveram chateados, foi também o ano que o marido fez vários quilómetros de carro para a pedir em casamento na noite de natal. Poderiam aqueles chamadas mudar a sua vida? Poderia aquilo que ela dissesse e fizesse mudar o rumo que a sua vida tinha tomado tantos anos ante? Estaria a vida a dar-lhe uma segunda oportunidade de alcançar a felicidade? 
Poderia dizer-vos o que acontece no final? Podia, mas acredito que o melhor será vocês lerem o livro e descobrirem o que esta mulher decide, será que no final o casal ira ter um fim ou um recomeço? Para descobrirem terão que ler o livro.

O facto de existir um telefone que nos leva a falar com alguém no passado pode para alguns parecer fantasioso, mas eu vejo este telefone apenas como um simbolismo. Uma maneira de nos fazer perceber que apesar de não podermos mudar o passado, de não podermos alterar as nossas decisões e atitudes, podemos sempre construir o nosso futuro, podemos sempre olhar para o passado e perceber aquilo que queremos mudar para construir a nossa felicidade. 
Não se esqueçam disso, vamos sempre a tempo de reconstruir a nossa vida e conquistar a nossa felicidade.

You May Also Like

0 comentários

Instagram